sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Exorcismo do homem com a criança nos olhos

Há dois dias que andava com esta canção na cabeça. Tive de a exorcizar ouvindo-a umas 3 vezes de seguida e pesquisando o video no youtube.

Nunca tinha visto isto. Com tão poucos elementos visuais consegue sintetizar quase toda a iconografia de uma época. Só aquelas cores tornam qualquer um gay (acho que o Figo nunca viu este video, infelizmente). E é extraordinário como ainda há qualquer coisa na Kate Bush que nunca a deixa cair no ridículo mesmo que ela dance audaciosamente à beira do precipício. Provavelmente a franqueza com que ela enfrenta a câmara e olha para nós.
Depois, a curiosidade de ver outro video do tempo em que, para mim, televisão ainda era só a Rua Sésamo. Mais uma vez o choque daqueles olhos apontados a nós com mais violência que as metralhadoras.

E as árvores deste "Army Dreamers", lembraram-me as árvores desse outro video que já me apanhou em cheio na adolescência e tornou a Kate Bush icónica para mim:

Ok, este video do "The Sensual World" vai para a mesma categoria que o "Let me know" da Roisín Murphy. Etiqueta: "Mulheres estupendas em fatos e danças divinamente ridículas". Mas eu percebo a Kate tão bem... Quem é que não gostaria de andar vestido de princesa abanando os ombos na floresta? (hummm...talvez o Durão Barroso)

4 comentários:

Rute disse...

Pronto, Daniel, levas-me à desgraça... Lá tenho de ir "re-buscar" a Kate Bush... Fizeste-me lembrar o quanto gosto de a ouvir. E agora como é que descalço a bota de ter os vinis e não ter gira-discos??? Lá terei de recorrer a outras "modernidades"...

Daniel J. Skråmestø disse...

Há uns gira-discos baratinhos. Outro dia vi uns à venda e apeteceu-me resgatar a minha colecção de vinis. Tenho um LP da Gabriela Schaff que anda a precisar de ser re-ouvido.

Chatwinesque disse...

Finalmente encontro mais apreciadores de Kate Bush! Ainda me lembro da revelação que foi ouvir o Wuthering Heights, vezes sem conta, no Verão de 78...

(Já agora, onde se pode encontrar o Olhos de Cão? Gostava de ler)

Daniel J. Skråmestø disse...

às vezes ainda aparece na Fnac do Chiado. De resto só encontrado por acaso, na Feira do Livro ou pedindo mesmo para encomendarem numa livraria.