quinta-feira, 8 de junho de 2006

Quando se está profundamente feliz não nos exprimimos por palavras.

1 comentário:

serrano disse...

Pois não! Exprime-se com o sorriso mais idiota que se pode imaginar! Quando vejo alguém com um desses sorrisos, até eu fico feliz!