quinta-feira, 16 de março de 2006

proposta de lei

Ontem ocorreu-me que, tendo em conta que os partidos de esquerda andam todos contentes com aquela proposta de ter 50% de mulheres na política, os partidos de direita deviam aproveitar para propor uma lei que não permitisse mais de 10% de homossexuais.
Teoricamente, seria uma proposta que eles gostariam de fazer e com argumentos tão genuinos, parvos e inatacáveis como os que a esquerda arranja. A chatice é que se ambas as leis fossem aprovadas, os partidos de direita provavelmente ficariam às moscas...

6 comentários:

Anónimo disse...

Com o abandono a que as mulheres casadas são "condenadas" em Portugal, eu pergunto-me onde é que iriam buscar 50% de mulheres que não fossem pelo menos bissexuais (o que inclui a homossexualidade). Ou seja: onde chegar aos 50% sem ultrapassar os 10% de homossexuais :-)))
Tirando isso, seria uma rica ideia, rico!

Daniela Mann disse...

Duas palavras:
Im Pressionante

Mikael disse...

Excelente post!
Muito bem dito...

agent disse...

ninguém se assumiria como tal, mas se alargasse o âmbito da coisa para os engates de circunstância, sobravam muito poucos de facto! ;)

eniu disse...

Será que não existe já mais de 10% de homossexuais na política???
eheh

BLUESMILE disse...

Sim algums bancadas ficavam vazias....