segunda-feira, 20 de novembro de 2006

e como foi o teu fim-de-semana?

Este fim de semana baldei-me ao trabalho e saí de casa para respirar um arzinho cultural.

A tarde de sábado foi passada na FNAC para assistir ao lançamento de "Rio da Glória", o novo romance de Possidónio Cachapa.
(já li metade mas guardo comentários para quando o acabar)
Graças a uma boa recomendação, saí de lá também com "Salazar, agora na hora da sua morte" de João Paulo Cotrim e Miguel Rocha, uma banda desenhada que mergulha na figura do ditador e na iconografia portuguesa da altura com uma destreza e ousadia impressionante. É imprescindível ler (e ver). Corram a comprá-lo.

Domingo fui meter-me noutro buraco escuro, desta vez a Culturgest, para a sessão de filmes premiados do Cinenima. Foi bom para os olhos e para o cérebro. Destaque para a curta metragem "The Danish poet", cheia de piadas escandinavas e com a soberba (e muito irónica) narração feita por Liv Ullman.

As noites foram passadas em frente à tv, viciado na série "Prison Break" (que é indiferente ao cérebro, mas tem uns rapazitos que alegram os olhos).

E tenho saudades de apanhar ar fresco... Mas, se serve de desculpa, tenho andado constipado.

2 comentários:

Nuno disse...

Belo serão! Sou um grande grande admirador da obra do Miguel Rocha!Naturalmente já li o "Salazar...", como não poderia deixar de ser, imperdível!
Lê mais dele, tenho a certeza que irás gostar. "A vida numa colher" é um clássico!
Abraços "culturais" do Sul :-)

Daniel J. Skråmestø disse...

Ò miúdo amnésico! Foste tu quem me apresentou ao Miguel Rocha quando me ofereceste "A vida numa colher"!