quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Que o amor permaneça no coração dos homens


Ontem regressei a Oslo depois de duas semanas de férias em Inglaterra. Segui as notícias da bomba e do massacre como um filme surreal. É difícil acreditar que tal violência, tal estupidez, possam acontecer nos sitios pacatos por onde passo todos os dias. 
Aquela bomba rebentou a 300m da minha casa. Não afectou directamente ninguém que eu conhecesse, mas acabou por nos tocar a todos.
Ontem, em Youngstorget, a olhar para a fonte rodeada de flores, atingiu-me um relampago da mais profunda tristeza. Depois vi esta fita, escrita em português, onde estava escrito: "Que o amor permaneça no coraçäo dos homens". Dura tarefa... mas faremos isso.

2 comentários:

Luís disse...

Eu sou um curioso observador e também me pareceu que a bomba tinha rebentado muito perto do vosso apartamento. Fui estando atento e - na medida do possível - seguindo os comentários através do blogue do outro Skråmestø. Abraços e vai dando-nos notícias,

Michelle de Mattos França disse...

Exmo(a). Sr(a),

Eu, Psicóloga e estudante do Mestrado em Psicologia Clínica no Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA), venho por este meio solicitar a sua participação e apoio na divulgação de um estudo sobre a Satisfação com as Relações de Compromisso em Portugal.

O objetivo deste estudo é compreender o impacto que os diferentes tipos de acordos relacionais têm na satisfação com a relação de compromisso.

Nós estamos neste momento no fim da recolha da amostra para este estudo. Porém, a subamostra que está menos representada é aquela composta por pessoas não-heterossexuais que estão comprometidas a uma relação de compromisso. Tendo como objetivo aumentar a representação desta subamostra, contamos com a sua ajuda para divulgar o nosso estudo de uma forma mais próxima e direta. Se puder ajudar-nos, isto trará uma grande mais-valia para a representação da subamostra de não-heterossexuais neste estudo.

O presente questionário destina-se a mulheres e homens com 18 anos de idade ou mais, que estão neste momento comprometidos a uma relação de compromisso.

A participação é totalmente anónima e confidencial e não serão recolhidos quaisquer dados identificativos dos participantes.

O questionário está disponível em: http://bit.ly/20528YN

Michelle França, investigadora responsável
E-mail: michelledemattos@hotmail.com
ISPA – Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Rua Jardim do Tabaco, n.º 34, 1149-041 Lisboa.

Agradeço desde já pela sua atenção.

Com os melhores cumprimentos,

Michelle.