domingo, 4 de abril de 2010

De volta a casa


Há 14 anos que os meus discos de vinil estavam num caixote em casa de uma amiga. É bom tê-los de volta, principalmente estes que nunca comprei em CD.

3 comentários:

Luis disse...

Da esquerda para a direita e de cima para baixo: em vinil tive o 1º, o 3º, o 8º e o 9º; também em vinil comprei o 5º para oferecer; em CD vim a adquirir o 1º, o 3º, o 8º e o 9º. Por ordem de gozo de escuta colocaria em primeiro o 1º e depois o 3º, o 9º, o 8º, o 6º, o 5º, o 2º, o 7º e o 4º. Mas amanhã fazia-te uma sequência diferente, de certeza! Abraços,

Geraldo Brito (Dado) disse...

Relíquias...

Daniel J. Skråmestø disse...

O da Pilar é bastante bom, pena que nunca tenha sido editado de CD nem se ache em MP3, era dos que tinha mais saudades de voltar a ouvir.
O dos Delfins foi o primeiro LP que comprei.
O da Lena d'água vale pelas canções do Variações (algumas são melhores que as versões dos Humanos)
A Gabriela Schaff foi comprado na feira da ladra que eu ainda era muito menino quando aquilo saiu.
O dos Madredeus acho que foi dos discos que mais ouvi na vida. O que aquilo rodou, do Natal de 87 a 1990 (que foi quando saiu finalmente o "Existir")!